Exercícios& 
Fisioterapia Vol 1 & 2
Últimos Artigos
Participe da Lista de e-mails
Categorias

Complexo do Ombro #16

Articulação Acrômio-Clavicular


Esta articulação entre a clavícula e o acrômio da escápula, é a ligação óssea entre a clavícula e a escápula, lembrando que apenas a escápula se articula com o tronco através da incisura do esterno.


Em uma vista posterior, podemos observar a espinha da escápula (em roxo), que se prolonga para além da escápula através do processo acromial, este possui uma superfície plana e lisa, essa superfície que irá se articular com o processo acromial da clavícula.




Em uma vista superior vemos o ligamento que liga a clavícula e o acrômio da escápula é o ligamento acromioclavicular, que reforça a cápsula articular desta articulação, em cerca de ⅓ das pessoas existe uma fibrocartilagem interarticular nessa articulação, quase como um menisco, essa fibrocartilagem gera congruência entre as partes ósseas, digo quase como um menisco pois em poucos casos documentados essa articulação está completa nas superfícies ósseas como um menisco.




Logo abaixo dos processos acromiais temos o processo coracoide onde músculos e ligamentos estão bem inseridos, os dois principais ligamentos que surgem da base do processo coracoide.


Ligamento conoide(verde) e o ligamento trapezoide (roxo), ambos ligam-se a clavícula pela porção inferior desta, este ligamentos auxiliam na manutenção da clavícula próxima da escápula, já que a clavícula fica quase que repousada sobre o processo acromial.



Existe ainda o ligamento Acrômio coracoide, e este não possui função mecânica, mas auxilia sim, na formação do canal do supra-espinhoso.




Nesta articulação ainda existe a inserção do deltoide e de porções do trapézio, esses dois músculos se fundem através de suas aponeuroses e tem função de coaptação da articulação da acrômio-clavicular, o que impede a luxação desta articulação.


Os ligamentos córaco-claviculares, limitam o movimento da clavícula sobre a escápula, em uma vista superior veríamos o ângulo entre a clavícula e o acrômio aumentar, esses ligamentos restringem esse movimento.


A articulação acrômio-clavicular possui movimentos de rotação, e os ligamentos conoide e trapezoide irão limitar essa rotação também, essa rotação possui uma amplitude média de 30º, essa rotação se soma a rotação da articulação esternocostoclavicular, que possui mais 30º de rotação, totalizando 60º de rotação, em um movimento senoidal da escápula, que é onde os músculos motores mais potentes se inserem.


Durante a abdução, vamos tomar como referência a escápula, logo os movimento serão observados na clavícula, a clavícula eleva-se cerca de 10º, ocorre uma abertura entre a clavícula e a escápula de até 70º, durante a abdução ocorre uma rotação longitudinal da clavícula de cerca de 45º.


Durante a flexão do ombro os movimento são semelhantes, porém, um pouco menor o ângulo de abertura entre clavícula e escápula cerca de 48º-60º.


Já na extensão para trás da linha coronal, o ângulo entre a escápula e clavícula se fecha cerca de 10º.


Na rotação interna o ângulo entre a escápula e clavícula se abre até 13º.



...


Contato

© 2014 by Fisioterapeuta Lucas Job 

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

Entre em contato comigo por aqui

terei prazer em responder a qualquer 

dúvida

Visite nossas redes sociais:

Nome *

Email *

Assunto

Mensagem